31
Aug 2017

Seis atividades para estimular as habilidades sociais do seu filho

A educação é o principal propulsor do desenvolvimento de futuros profissionais disciplinados e responsáveis. Mesmo com o advento das inovações tecnológicas, podemos dizer que ela é o elemento principal da formação profissional. Porém, ela ainda é pouco estimulada, uma vez que insistimos nas metodologias tradicionais e repetitivas, que geram desmotivação e evasão escolar. Consequentemente, surge um bloqueio de inovação, pois os alunos já não estão interessados com esse ambiente escolar.

Com isso, esses jovens irão se deparar com dificuldades até então desconhecidas, que não estavam preparados para enfrentar. Diante desse cenário, o jovem acaba sendo preterido por não ter as qualificações necessárias em seu currículo. Em nenhum momento na escola lhe foi dito que era preciso desenvolver essas qualidades e trabalhar certos conceitos na teoria e na prática.  Esse é o quadro perfeito para o surgimento da desmotivação, descrença e depressão.

É possível reverter essa situação? Abaixo listamos seis atividades que ajudam a estimular as habilidades sociais das crianças: 

1.     Brinquedoteca
Utilizado para desenvolver a criatividade, esse espaço permite que a criança use a sua imaginação, aprendendo a se comunicar, socializar, liberar suas emoções e construir seus próprios pensamentos, a fim de fortalecer de forma descontraída suas habilidades socioemocionais. 

2- Cantinho da leitura
A leitura estimula a criatividade e a imaginação, além de enriquecer o vocabulário. Ela permite também que a criança aprenda valores comuns. No entanto, é importante definir um horário e um local para a atividade, com o objetivo de inseri-la como uma atividade habitual. 

3- Musicoterapia 
A música e as canções têm o poder de ligar prazer e relaxamento, desenvolvendo a atenção e concentração, além de estimular o humor e aumentar a disposição física e mental. Outro benefício da música está no fato dela ajudar a prevenir e tratar algumas doenças. 

4- Fonoaudiologia 
A fonoaudiologia é um exercício muito recomendado para as crianças que  têm dificuldade de aprendizado. As sessões trabalham o desenvolvimento (motor, oral, cognitivo e linguístico) normal e patológico. Sendo muito benéfico no processo de aprendizagem. 

5- Atividade ao ar livre 
Atividades ao ar livre potencializam a energia e a criatividade das crianças. Elas ajudam a desenvolver habilidades sociais, tais como: autonomia e independência, além de fortificar o condicionamento físico. 

6- Arte terapia 
Terapias reforçam o auto conhecimento e a habilidade de se relacionar com os outros, ajudando a aumentar a autoestima. Além disso, contribuem para  ajudar a resolver experiências traumáticas, lidar melhor com o estresse e a desenvolver recursos cognitivos e emocionais, apoiando na formação e na educação do indivíduo e ajudando na superação dos conflitos.



Fonte: Instituto MRV
Compartilhe