Casa de Educação para a Sustentabilidade

Os Engenheiros Sem Fronteiras (EsF) são uma organização internacional que se constitui em núcleos regionais, dentre eles o Núcleo Rio das Ostras (EsF-RO). Desde de 2015 o EsF-RO vem desenvolvendo a região de Rio das Ostras com foco na aproximação da educação básica local com a ciência e tecnologia, valendo-se de sua proximidade com a UFF - Rio das Ostras. Tendo já realizado projetos como o Programa 5S em escolas primárias e conduzido feiras de ciência para alunos da rede pública em parceria com a Prefeitura Municpal, o EsF-RO tem a ambição de ampliar o alcance da ciência e educação pautados pela sustentabilidade por meio da implementação do Centro de Educação para a Sustentabilidade no município. O centro será um espaço multifuncional, onde haverá palestras e workshops voltados à comunidade, uma oficina de reaproveitamento de resíduos plásticos e uma horta robotizada, que serão a base de um conjunto de projetos e iniciativas de engenharia que desenvolverão de forma sustentável a região

O Projeto

Os Engenheiros Sem Fronteiras (EsF) são uma organização internacional que se constitui em núcleos regionais, dentre eles o Núcleo Rio das Ostras (EsF-RO), que, desde 2015, vem desenvolvendo a região de Rio das Ostras com foco na aproximação da educação básica local com a ciência e tecnologia, valendo-se de sua proximidade com a UFF - Rio das Ostras.

Além de realizar projetos como o Programa 5S em escolas primárias e conduzindo feiras de ciência para alunos da rede pública, em parceria com a Prefeitura Municipal, o EsF-RO comemora as novas conquistas. Agora, com apoio do Instituto MRV, por meio do programa Educar para Transformar – 4ª Chamada Pública de Projetos, a organização pôde ampliar o alcance da ciência e educação pautados pela sustentabilidade, por meio da implementação do Centro de Educação para a Sustentabilidade no município.

Foi possível realizar as obras completas do centro – um espaço multifuncional que já conta com palestras e workshops voltados à comunidade (abordando, entre vários temas, responsabilidade social, boa saúde e bem-estar), uma oficina de reaproveitamento de resíduos plásticos e uma horta robotizada baseada no projeto de Rainer Grassmann.

Tudo isso é a base de um conjunto de projetos e iniciativas de engenharia que estão desenvolvendo de forma sustentável a região. Entre os impactos, podemos citar o aumento da preocupação com o cuidado com o meio ambiente, o incentivo ao consumo consciente, a mudança de hábitos, o interesse para o ramo de civil, referências de bioconstrução aberta ao público no município, maior visibilidade para a UFF, o interesse da população local para o ingresso na instituição e nos projetos desenvolvidos na mesma e, principalmente, o levante de uma nova perspectiva de futuro.

Em 2018, o Centro de Educação para a Sustentabilidade já está tocando muitas vidas: para a frente. Em 2019, espere muito mais resultados desse projeto inovador.

Compartilhe