30
Oct 2019

A poesia e o crescer da criança

Ler poesias ou poemas significa se abrir para um novo olhar de significância do mundo, despertando a sensibilidade das crianças. Atrás de canções, brincadeiras, parlendas, livros e histórias, esse gênero de literatura se manifesta com uma leitura leve, ritmada e prazerosa, estimulando percepções diferentes e importantíssimas para a formação dos pequenos, em diversas fases de sua infância.

Não por acaso, poesias e poemas provocam sentimentos, experiências, momentos, sensações, ideias e lições de uma forma que outras histórias convencionais não alcançam. A ideia é que os textos apresentem experiências do cotidiano e conhecimentos valorosos para a criança, envolvendo família, amigos, escola, natureza e outros. Assim, promovem a percepção dos cenários que a cercam e a oportunidade de expressar ou compreender algum momento que ela esteja passando. Totalmente compreensível, portanto, o apelo voltado para a formação do indivíduo, não é?

Se você está se perguntando qual é a hora certa de introduzir a poesia na vida do seu filho, a resposta é: desde a gestação! Por que não? Depois, aos poucos, preste atenção somente na classificação da poesia; conforme a criança se desenvolve, pode-se elevar o nível de dificuldade e interação com a leitura.

Os textos ideais são aqueles divertidos, fáceis de serem absorvidos, e que abordem assuntos que agreguem a formação da pessoa.
 


 
 



Fonte: Instituto MRV
Compartilhe