21
Nov 2019

Inovação como solução para problemas sociais

Projetos sociais, como os que apresentamos por aqui, fazem toda diferença na vida de crianças e jovens que precisam de oportunidades para se desenvolverem. Quem também anda ajudando muitas comunidades com soluções potencialmente inovadoras são as startups de impacto social. Enquanto o objetivo de muitas delas é maximizar o capital (daí o conceito de startup), outras estão direcionadas na construção de um mundo melhor.
De acordo com estudos do Sebrae, o Brasil tem mais de mil negócios de impacto social, sendo que mais da metade deles estão operando há menos de um ano. Ou seja, é um mercado emergente em crescimento, já que o empreendedorismo está sendo ressignificado, considerando o viés social.

Grande parte desses negócios vêm da região Sudeste, geridos por pessoas entre 30 e 39 anos, com tecnologias e tendências inovadoras. Agora, apresentamos dois exemplos deles para você:

Simbiose Social - São Paulo, SP

Partindo da informação de que as Leis de Incentivo fiscal no Brasil são pouco conhecidas e subutilizadas, gerando desigualdade, a Simbiose Social desenvolveu uma plataforma com uma base de dados de mais de 180 mil projetos sociais. O objetivo é unir empresas que precisam de incentivo com as que procuram direcionamento para os recursos!
O sistema de busca é capaz de encontrar os projetos mais alinhados com as estratégias de responsabilidade social de empresas que querem doar seus recursos a elas. Além disso, a startup oferece a consultoria de um profissional para intermediar esse contato e tornar os aportes mais seguros. Os resultados são evidentes: mais de 80 organizações sociais já foram contempladas com recursos, graças a esse projeto e R$ 150 milhões foram gerados e direcionados pela Simbiose Social.

O Polen - Curitiba, PR

Como transformar o varejo virtual em um colaborador de causas sociais, ao mesmo tempo em que torna a experiência de compra do consumidor mais positiva e com mais significado?
O Polen responde: essa plataforma foi criada para converter vendas de lojas virtuais em doações, convidado o consumidor, na hora de fechar uma compra, a selecionar uma causa para apoiar. Assim que o pagamento é efetuado, a loja doa automaticamente R$ 1 ou 1% do valor para a causa escolhida. Isso dá supercerto, já que, segundo o site oficial do projeto, 94% dos consumidores brasileiros comprovadamente preferem efetuar compras em lojas que têm alguma importância social. Mais de 300 instituições já foram beneficiadas pelo O Polen, com mais de R$ 340 mil movimentados em doações! Entre as empresas que já são "polinizadoras" estão 99, Fom, Shop B, Quintess, Stoned e Meu Game Usado.




Fonte: Instituto MRV
Compartilhe